MARIA CARPI

Maria Carpi, poeta gaúcha, nascida em Guaporé, em 1939, professora, advogada, Defensora Pública, é autora de Nos Gerais da Dor (Movimento, 1990), Desiderium Desideravi (Movimento, 1991), Vidência e Acaso (Movimento, 1993), Os Cantares da Semente (Movimento, 1996), O Caderno das Águas (WS Editor, 1998), A Migalha e a Fome (Vozes, 2000), A Força de não Ter Força (Escrituras, 2003), As Sombras da Vinha (Bertrand do Brasil, 2004), O Herói Desvalido (Bertrand do Brasil, 2005). Tem participado de antologias e revistas especializadas. Foi Conselheira do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, representando a Defensoria Pública e, depois, a OAB/RS. É Membro do Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul e representou, por dois anos, a Associação dos Escritores Gaúchos no Conselho Estadual de Cultura. Alfredo Aquino é artista plástico, editor e escritor. Realizou várias exposições individuais de desenhos e pinturas, no Brasil e no exterior. Publicou A Fenda, livro de contos em 2007, e Carassotaque, um romance, em 2008, pela Editora Iluminuras. Lançou o livro Cartas, com seus desenhos e contos de Ignácio de Loyola Brandão, igualmente pela Editora Iluminuras, em 2004. Edita livros de arte de outros artistas contemporâneos e escritores por Edições Ardotempo e exerce atividades como curador de mostras de arte contemporânea, escrevendo regularmente sobre as questões vinculadas à sua área de criação e pensamento.




CHAMA AZUL, A

De R$ 30,00

Por R$ 24,00

Comprar

O QUE RESTA ESTÁ POR VIR

De R$ 30,00

Por R$ 24,00

Comprar

SENHOR DAS MATEMATICAS, O

De R$ 30,00

Por R$ 24,00

Comprar