LUCIANA BRIDI

Nasceu em Porto Alegre em 1973, é médica psiquiatra, mãe de Lucas e Pedro (que recebeu o diagnóstico de TEA em dezembro de 2012, aos 18 meses). Voluntária do Instituto Autismo e Vida, acredita que ser modelo e ensinar aos pequenos que diferente não é ruim, é caminho para a construção de um mundo muito mais legal.