LÉO GERCHMANN

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUCRS), Léo Gerchmann é repórter especial do jornal Zero Hora, tendo ênfase em temas internacionais e, mais especificamente, latino-americanos. No site zerohora.com, mantém uma coluna dedicada exclusivamente a esse tema. Teve passagem também por redações como a da revista Placar e trabalhou durante 11 anos no jornal Folha de S. Paulo, pelo qual foi correspondente em Buenos Aires de 1997 a 1998. Entre outras coberturas internacionais, fez a da Copa do Mundo da França, em 1998, eleições em países sul-americanos, a histórica crise argentina de 2001 e a abertura dos "arquivos do terror", que comprovaram a existência da Operação Condor, no Paraguai. De 2010 a 2016, esteve quatro vezes na Venezuela, para elaborar reportagens de fôlego sobre a era chavista, abordando seus desdobramentos institucionais e socioeconômicos. É autor, também, dos livros Coligay – Tricolor e de todas as cores, e Somos azuis, pretos e brancos.